BR-Tic realiza mutirão para cadastrar usuários da “Zona Azul”

Ação ocorre no sábado (20). Com o cadastro, os condutores terão maior facilidade na compra de crédito e alocação das vagas do estacionamento rotativo|Foto:Assessoria de Imprensa

Na segunda-feira (22), iniciam as atividades da “Zona Azul” em São Luiz Gonzaga. A empresa responsável pelo serviço, a BR-Tic, promove no sábado (20), na Praça da Matriz, um mutirão para o cadastro dos usuários do estacionamento rotativo. A ação irá facilitar a alocação das vagas e a compra de crédito para utilização do serviço.
De acordo com a engenheira da BR-Tic, Tays Rosado, a “Zona Azul” irá proporcionara otimizaçãodo uso das vagas disponíveis. “É a democratização do espaço através da rotatividade do uso. Visto que com o estacionamento rotativo, o motorista deve liberar a vaga ao término do tempo limite e isso gera maior rotatividade de carros, possibilitando que várias pessoas usem a mesma vaga ao longo do dia”.
O horário de funcionamento da “Zona Azul” será de segunda a sexta-feira das 08h30min ao meio-dia e das 13h30min às 18 horas e aos sábados, das 8 horas ao meio-dia.

CRÉDITO E ALOCAÇÃO

Além dos pontos fixos de venda espalhados pelo comércio são-luizense (confira os locais no site www.zonaazulsaoluizgonzaga.com.br) e com os próprios monitores de trânsito, a empresa oferece outras opções que garantem oacesso fácil ao serviço.
Para a alocação de vagas e compra de crédito, os usuários podem utilizar o aplicativo Estacionamento Digital, instalado em smartphones ou tablets. O aplicativo está disponível no Google Play, AppStore e para Windows Phone (serviço via browser pelo link app.estacionamentodigital.com.br) e permite ao usuário utilizar as funcionalidades do site www.zonaazulsaoluizgonzaga.com.br (como compra de crédito, histórico de estacionamentos e de irregularidades).
Já para alocação de vaga via SMS, é preciso cadastrar o número de celular no site do serviço – ou com os monitores – e enviar a mensagem para um dos números (55) 9 8118-0500 (TIM), (55) 9 9644-5805 (Vivo), (55) 9 8456-5844 (Oi) e (55) 9 9100-5687 (Claro).
Quando o usuário possuir apenas uma placa cadastrada, basta enviar a mensagem com a palavra VAGA 30 (para trinta minutos), VAGA 1 (para uma hora) e VAGA 2 (para duas horas). Com mais de uma placa cadastrada, basta enviar a mensagem com a palavra VAGA + a placa do veículo + tempo de estacionamento. O motorista que utilizar essas opções de serviço será avisado quando o período de estacionamento pago estiver terminando.

VALORES

A taxa para estacionar durante 30 minutos será de R$ 0,70. Para uma hora, R$ 1,35; para uma hora e trinta minutos, R$ 2,00 e para duas horas – tempo máximo de permanência em uma mesma vaga – o valor cobrado será de R$ 2,70. Quem ultrapassar o tempo limite irá receber um aviso de irregularidade, no valor de R$ 10,80.
Para o serviço de carga e descarga fora dos locais e horários estipulados, o custo será de R$ 4,05 por hora. Já o valor diário para caçambas de entulhos e tapumes ou bretes, o valor cobrado será de R$ 12,00.
O motorista terá cinco minutos de tolerância para a aquisição da vaga e a saída do local após o fim do tempo adquirido. Motocicletas (estacionadas nos locais determinados), veículos oficiais (previamente cadastrados) e de atendimento a população (como ambulâncias), não pagam.As vagas de farmácia poderão ser utilizadas durante 15 minutos sem o pagamento do estacionamento rotativo. Já os idosos e deficientes físicos, emposse das carteirinhas e nas vagas correspondentes, também estão isentos de pagar a taxa durante uma hora.
Para atender a comunidade, a empresa BR-Tic instalou um escritório no município. O espaço está localizado na Rua Treze de Maio, número 1259, sala 05. Também é possível entrar em contato com a empresa pelo telefone 3352-1652.

Fonte:Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga

loading...

4 Comentários

  1. Sr. missioneiro se não tem nada em São Luiz Gonzaga vai morar em Ijui ok.

  2. Esse é um “pensamento” que campeia pelo Rio Grande e pelo Brasil de tempos em tempos. Vende patrimônio público e libera para a iniciativa privada toda e qualquer possibilidade de fazer dinheiro às custas do povo. Educação, saúde, transporte, água, luz, telefonia…Agora os espaços públicos também privatizados. Só falta o ar que respiramos. Que baita fonte de renda! E não vai faltar algum idiota com uma planilha para mostrar que é viável. E, principalmente, não vai falta bocó para aplaudir e dizer que tem que privatizar mesmo, porque o Estado gasta mal o ar, o povo respira muito, não sabe poupar, etc e etc. É brabo.

  3. Santo Ângelo é 1.60 a.hora…
    Vi gente de Ijuí dizendo que é mais barato

  4. em ijui que é uma cidade de referencia é 1 real a hora…agora em são luiz que não tem nada o valor é de 1.35…só pode ser brincadeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *