Guia São Luiz

Tag Archives: Guia São Luiz

Jovem é preso suspeito de estuprar a irmã de 14 anos em Santiago

Foto: Polícia Civil / Divulgação
Foto: Polícia Civil / Divulgação

Um jovem de 25 anos foi preso suspeito de estuprar a irmã, uma menina de 14 anos, em Santiago. De acordo com a Polícia Civil, o abuso aconteceu há cerca de um mês, na casa da mãe dos dois, no centro do município. As informações são do Diário de Santa Maria.

Segundo o delegado João Carlos Brum Vaz os irmãos não moram juntos e o crime aconteceu quando ele foi visitar a mãe, que mora com a irmã.

A abertura do inquérito foi motivada por denúncias. Um exame de corpo de delito confirmou que a menina havia sido estuprada. Diante disso, o suspeito foi chamado para prestar depoimento. A investigação não informou à reportagem o que ele disse na ocasião.

O jovem foi liberado após ter prestado esclarecimentos, e o delegado pediu a preventiva do suspeito. Com o pedido homologado, a Polícia Civil localizou o suspeito em uma localidade no interior de Capão do Cipó e realizou a prisão na tarde desta quinta-feira (25).

Após ser levado à delegacia de polícia, o jovem foi encaminhado ao Presídio Estadual de Santiago.

Gaúcha

Acidente com morte envolvendo ciclista em São Borja

Foto: PRF / Divulgação
Foto: PRF / Divulgação

Na manhã desta sexta-feira, 26, a PRF atendeu um acidente de trânsito com vítima fatal na BR 285 em São Borja, envolvendo uma bicicleta e uma caminhoneta, resultando no óbito do ciclista.

O acidente do tipo colisão traseira ocorreu às 07h40 no quilometro 672 da BR 285, na Avenida Imigrantes, envolvendo uma bicicleta Sundown
e uma caminhoneta GM D10 de São Borja. Conforme averiguado no local, a caminhoneta que se deslocava no sentido cidade – trevo colidiu na traseira da bicicleta que seguia no mesmo sentido e vinha trafegando na linha de divisão da pista de rolamento com o acostamento, conforme declarado pelo condutor da caminhoneta que ainda informou que não conseguiu desviar do ciclista, vindo a atropelá-lo.

A vítima, um homem de 51 anos, que se deslocava para o trabalho próximo ao local do acidente, teve ferimentos graves e chegou a ser reanimado no próprio local por equipes do SAMU e da PRF, porém não resistiu aos ferimentos, entrando em óbito no Hospital Ivan Goulart. O condutor da caminhoneta, um homem de 24, nada sofreu.

Os veículos foram removidos ao depósito do DETRAN onde estão à disposição da perícia. Registro efetuado na Delegacia de Polícia Civil de São Borja.

Fonte: PRF

Secretário Wantuir Jacini pede exoneração da SSP

Governador Sartori aceitou saída e constituiu “Gabinete de Crise” após latrocínio em frente a colégio

Secretário pede para deixar cargo em meio a onda de violência | Foto: Samuel Maciel / CP Memória
Secretário pede para deixar cargo em meio a onda de violência | Foto: Samuel Maciel / CP Memória

O secretário da Segurança Pública, Wantuir Jacini, pediu exoneração do cargo na noite desta quinta-feira. A informação foi confirmada pelo governo do Estado do Rio Grande do Sul em nota oficial. De acordo com o comunicado, o governador José Ivo Sartori “acabou de constituir um Gabinete de Crise, que será coordenado pelo vice-governador José Paulo Cairoli”. Enquanto não for nomeado o novo secretário, esse Gabinete responderá pela área.

A decisão foi decretada após o marcante caso de latrocínio da mãe de um aluno do Colégio Dom Bosco, em frente à instituição de ensino. Segundo a nota, “a equipe do governo do Estado se solidariza com os familiares das vítimas da criminalidade, especialmente de Cristine Fonseca Fagundes, assassinada violentamente nesta quinta-feira”.

Uma reunião foi marcada  as 8h desta sexta-feira no Palácio Piratini. No encontro, serão tratadas “novas providências e ações na área” e Sartori deverá se pronunciar na imprensa.

Sobre a saída de Jacini, o Piratini fez uma despedida elogiosa formal. “O governador agradece ao secretário Jacini pelos serviços prestados, por quem nutre alto apreço pessoal por suas virtudes profissionais e morais.”

A exoneração do cargo ocorreu no pico de uma semana marcada pela violência na região Metropolitana de Porto Alegre. Nos últimos dias, o assassinato de uma médica na avenida Sertório, um triplo homicídio em Alvorada, a execução de um homem na porta do Hospital São Lucas da PUC e, nesta quinta, o latrocínio de uma mulher que havia ido buscar seu filho em um colégio particular geraram bastante repercussão. Índices de criminalidade, como latrocínio e homicídio doloso, também registraram alta na gestão Sartori.

CP

1º dia da sessão do impeachment é encerrado após 15 horas

 A intenção do ministro Lewandowski é finalizar todos os depoimentos nesta sexta

Foto: Mateus Bruxel /Agencia RBS
Foto: Mateus Bruxel /Agencia RBS

Terminou por volta de 0h15min desta sexta-feira (26) o primeiro dia da sessão do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. Na primeira etapa do julgamento, que teve início às 9h30min de quinta (25), foram ouvidos dois depoentes convocados pela acusação. O procurador do Ministério Público no Tribunal de Contas da União (TCU) Júlio Marcelo de Oliveira deixou de ser considerado testemunha.

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, que preside a sessão do impeachment, considerou que Oliveira participou do ato pela rejeição das contas de Dilma. A partir disso, ele foi ouvido como informante. Na prática, significa que o depoimento não servirá como prova. A manifestação do procurador durou cerca de oito horas, e foi marcada por uma série de interrupções por bate-boca entre os senadores.

A segunda testemunha arrolada foi o auditor de controle externo do TCU Antonio Carlos D’Ávila Júnior. Ele começou a responder às questões dos senadores por volta de 22h20min. Para acelerar a sessão, 15 parlamentares abriram mão de falar. Com dez inscritos, o trabalho ocorreu de forma mais célere e acabou antes do horário estimado.

Um dos principais defensores de Dilma, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) disse que as “pedaladas” são  pretexto político para “rasgar de uma vez o legado do Lula, do Ulisses Guimarães, de Getúlio Vargas”. Ele também criticou a vinculação da presidente aos atos do Plano Safra.

A resposta veio com Ronaldo Caiado (DEM-GO). O parlamentar perguntou ao auditor se o governo ‘pedalou’ em 2015. Costa D’Ávila respondeu: “A União sabia. E sabia antes mesmo de editar as portarias que vão instituir o Plano Safra a cada ano”.

A sessão foi suspensa após as manifestações dos advogados de acusação, Janaína Paschoal, e de defesa, José Eduardo Cardozo. Os trabalhos devem ser retomados às 9h desta sexta, quando as testemunhas de defesa começarão a ser ouvidas.

Estão na lista o economista Luiz Gonzaga de Mello Belluzzo; o consultor jurídico Geraldo Luiz Mascarenhas Prado; o ex-ministro da Fazenda Nelson Barbosa; a ex-secretária de Orçamento Federal Esther Dweck; o ex-secretário executivo do Ministério da Educação Luiz Cláudio Costa; e o advogado Ricardo Lodi.

A intenção do ministro Lewandowski é finalizar todos os depoimentos nesta sexta, mas a sessão pode ser estendida para o fim de semana. Na segunda-feira (29), a presidente Dilma irá fazer a própria defesa no plenário. A previsão é de que o julgamento terminará entre terça (30) e quarta (31) da próxima semana.

GAÚCHA

Aberta licitação para revitalização da Estação Ferroviária

Licitação para obras de revitalização da estação férrea será no dia 14 de setembro | Foto: Arquivo
Licitação para obras de revitalização da estação férrea será no dia 14 de setembro | Foto: Arquivo

A Administração Municipal publicou nesta quarta-feira, 24, edital de licitação para a realização de reforma e revitalização da antiga estação férrea do município. A documentação e propostas relativas à licitação serão recebidas até o dia 14 de setembro, às 14h, no Salão Nobre da Prefeitura.

A confirmação da licitação desta obra é mais uma boa notícia para o segmento turístico e cultural de São Luiz Gonzaga, uma vez que a revitalização do prédio da antiga estação férrea da cidade, desativada desde o século passado e que, atualmente, encontra-se em precárias condições, representa uma antiga demanda da comunidade, pois, nos últimos anos, sem investimentos do Poder Público, o prédio histórico acabou se deteriorando e sofrendo atos de vandalismos, o que tornaram o local um atrativo para usuários de drogas e para moradores de rua.

HISTÓRIA – Inaugurada no ano de 1943, a estação férrea de São Luiz Gonzaga foi uma grande referência no município, uma vez que os serviços de transportes de cargas e passageiros era realizados constantemente por meio de trens. No entanto, após 30 anos, a empresa Viação Férrea do Rio Grande do Sul acabou extinta, e, o serviço de transporte férreo, substituído por ônibus e caminhões que passaram a transitar na BR-285.

No ano de 1996, a empresa privada América Latina Logística – ALL assumiu a concessão da malha ferroviária de São Luiz Gonzaga e de outros municípios da região; porém, a concessionária não apresentou interesse em reativar os serviços de transportes de cargas e passageiros, o que acabou por motivar o Ministério Público Federal, através do procurador da República em Santo Ângelo, Osmar Veronese, a ingressar com uma ação judicial para compensar os prejuízos causados aos municípios abrangidos pela malha ferroviária e condicionar a ALL a cumprir o acordado na concessão pela reativação dos serviços. Desta ação, que ainda busca que a ALL reative o serviço na malha ferroviária, o MPF determinou o pagamento de indenização aos município abrangidos pela linha férrea de cerca de R$ 8 milhões, divididos entre os mesmo e que deveriam ser aplicados em obras que visassem o segmento cultural e/ou social.

INVESTIMENTOS FEITOS COM A INDENIZAÇÃO – O valor total da indenização para São Luiz Gonzaga compreendeu o recurso de R$ 844.729,02, o qual foi muito bem utilizado pela Administração Municipal para a concepção de obras muito importantes para o município, como a transformação do antigo presídio em um Centro Integrado da Cidadania (R$ 319.048,91); a revitalização do Centro Esportivo Expedicionário Cícero Cavalheiro (R$ 292.571,12); revitalização do Palco Cenair Maicá (R$ 147.414,14);

A VEZ DA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA – Com o depósito de R$ 147.414,14 restantes da indenização e a publicação do edital de licitação, a atual Administração Municipal enaltece mais uma conquista para o município, cujas obras de revitalização da antiga estação ferroviária e transformação em um complexo turístico deverão ter início após o período eleitoral.

PARA PRESERVAR A HISTÓRIA – Para o prefeito Junaro Figueiredo, “espera-se que, a exemplo do que ocorreu nos anos 40, a estação férrea receba novamente a comunidade quando de sua inauguração, pois a revitalização deste prédio histórico servirá para mantermos viva a memória de uma época simples, mas, providencial para o desenvolvimento de São Luiz Gonzaga, com a lembrança de quando os trens eram o principal meio de transporte de cargas e passageiros. Por isso, a estação férrea, quando reinaugurada, servirá para abrigar uma parte de nossa história e remeterá a nostalgia aos corações dos são-luizenses que ainda escutam os apitos de maria-fumaça nos resquícios de suas lembranças”, destacou o Chefe do Executivo.

Pela Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga

Novo regime de previdência deverá trazer equilíbrio financeiro

O novo regime de previdência do Estado deverá trazer um equilíbrio financeiro em poucas décadas.

A afirmação é do secretário adjunto da Casa Civil e conselheiro da RS Prev. Em entrevista ao Gaúcha Atualidade, José Guilherme Kliemann explicou que o retorno financeiro, a partir da inatividade dos servidores de todos os poderes, dependerá do tamanho da contribuição escolhida.

Kliemann ainda informa que a taxa de administração será a menor disponível no mercado. Além disso, o servidor poderá migrar planos de aposentadoria que já têm contratado ou pode transferí-lo, por exemplo, se passar em um concurso federal.

O plano privado vale desde sexta-feira (19) e apenas para novos servidores. Quem for nomeado com salário superior ao teto do INSS terá desconto de 13,25% apenas em cima do valor máximo de R$ 5.189,82. Para se aposentar com um valor mais alto, será preciso pagar essa previdência complementar. Os descontos variam de 4 a 7,5% do salário.

O Fundo que vai gerir esse plano complementar será autônomo, o RS Prev, e não estará vinculado diretamente ao IPE. Para os servidores atuais, nada muda, embora haja a possibilidade de adesão.

O site do RSPREV será lançado nos próximos dias. Nele haverá simuladores, que permitirão verificar prazos para começar a receber a complementação salarial e quais investimentos necessitam ser feitos.

GAÚCHA

Suspeita de crime ambiental em Santa Rosa

Moradores reclamam do cheiro forte e da morte dos peixes em rio.
Polícia ambiental investiga se mortes são causadas por alguma substância.

Peixes mortos são encontrados nas margens do rio Pessegueirinho (Foto: RBSTV/Reprodução)
Peixes mortos são encontrados nas margens do rio Pessegueirinho (Foto: RBSTV/Reprodução)

O surgimento de peixes mortos na cidade de Santa Rosa, no Noroeste do Rio Grande do Sul, provocando preocupação um cheiro forte na região. A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) e o batalhão Ambiental da Brigada Miltiar investigam o que pode ter sido descartado na água em um possível crime ambiental.

Peixes nadam rápido pela superfície e logo morrem, situação que tem assustado a comunidade que vive próxima do rio Pessegueirinho. “O cheiro é muito ruim, chega a dar nó no estômago”, conta a dona de casa Fabiane Camargo. “Cada semana os produtos que largam e os peixes morrem”, completa o eletricista Alceu de Moura.

A polícia ambiental tem acompanhado a situação na tentativa de identificar qual a origem do problema em todo o rio.”Provavelmente seja a falta de oxigênio na água que está provocando a morte dos peixes. A gente não sabe precisar o produto químico que tem no ar”, afirma o sargento Carlos Miranda, da Polícia Ambiental.

Uma amostra da água foi coletada e enviada para análise. A partir do resultado será possível determinar o que provocou a contaminação, ocasionando a morte dos peixes, para caracterizar se ocorreu crime ambiental.

A água do rio Pessegueirinho desemboca no rio Santo Cristo, que abastece a cidade de Santa Rosa. Por isso, o tema tem preocupado a Fepam. “Todo cidadão tem parcela de responsabilidade. Nós estamos em uma situação que se repilca em todos os municípios do estado”, afirma a gerente da Fepam de Santa Rosa, Elenir Linauer.

G1

Senado aprova corte de 30% no orçamento

PEC que desvincula receitas da União até 2023 foi aprovada em dois turnos

Renan negociou aprovação definitiva da DRU com líderes partidários | Foto: Pedro Ladeira / Folhapress / CP
Renan negociou aprovação definitiva da DRU com líderes partidários | Foto: Pedro Ladeira / Folhapress / CP

O Senado aprovou  na noite dessa quarta-feira, em primeiro turno e segundo turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que recria a Desvinculação de Receitas da União (DRU) até 2023. A matéria foi aprovada por 56 votos a 13,em primeiro turno, e extraordinariamente, logo a seguir, em segundo turno, por 54 votos favoráveis e 15 contrários. A segunda votação estava prevista para 8 de setembro, mas acordo de líderes antecipou a apreciação da matéria, que aguarda agora promulgada pelo Congresso.

A DRU é um mecanismo que dá liberdade ao governo no uso das receitas obtidas por meio de tributos federais vinculados por lei a fundos ou despesas. Na prática, permite à União aplicar os recursos vinculados por lei a áreas como educação, saúde e previdência social em qualquer despesa considerada prioritária e na formação de superávit primário — desde que respeitando os gastos mínimos constitucionais exigidos para cada área. A última autorização para que a União pudesse desvincular seu Orçamento venceu em 2015.

O texto aprovado pelo Senado é o mesmo que foi avalizado pela Câmara. A PEC recria a DRU até 31 de dezembro de 2023, estabelecendo que a autorização para remanejar o Orçamento da União será retroativa a 1º de janeiro deste ano. A proposta também prevê que a alíquota do Orçamento da União que o Executivo poderá remanejar seja elevada de 20%, como foi até o ano passado, para 30%.

Além disso, a PEC estabelece a criação de espécie de DRU para Estados e municípios — chamadas de DRE e DRM, respectivamente — nos mesmos termos da desvinculação de receitas para União, mas prevendo explicitamente que o remanejamento não pode afetar recursos destinados à saúde e à educação.

CP

Senado começa a julgar hoje processo de impeachment

Serão ouvidas inicialmente as duas testemunhas arroladas pela acusação

Começa hoje julgamento do impeachment. Foto: Roberto Stuckert Filho / PR / CP
Começa hoje julgamento do impeachment. Foto: Roberto Stuckert Filho / PR / CP

O julgamento do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff começa hoje (25), às 9h, com o depoimento de testemunhas. Serão ouvidas inicialmente as duas testemunhas arroladas pela acusação: o procurador do Ministério Público no Tribunal de Contas da União (TCU),  Júlio Marcelo de Oliveira, e o auditor do TCU Antônio Carlos Costa D’Ávila.

Em seguida, a previsão é de que sejam ouvidas duas das seis testemunhas arroladas pela defesa. Os advogados de Dilma Rousseff convocaram o ex-ministro da Fazenda Nelson Barbosa, o economista Luiz Gonzaga Belluzzo, a ex-secretária de Orçamento Federal Esther Dweck, o ex-secretário executivo do Ministério da Educação Luiz Cláudio Costa, o professor de direito da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) Ricardo Lodi Ribeiro e o professor de direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Geraldo Prado.

Amanhã (26) deverão ser ouvidas as quatro últimas testemunhas. Se não houver tempo de ouvir as quatro primeiras até a noite de hoje, os depoimentos de uma parte delas podem ser transferidos para esta sexta, fazendo com que a primeira fase do julgamento seja concluída somente no fim de semana.

Os senadores poderão fazer perguntas à vontade, mas os líderes da base aliada do presidente interino Michel Temer já orientaram os demais parlamentares a evitar perguntas repetidas e a dar preferência para as lideranças partidárias, de modo a tentar agilizar os depoimentos.

Na segunda-feira (29),  às 9h, começará o depoimento da presidenta afastada Dilma Rousseff. Ela poderá falar livremente por 30 minutos e depois ficará à disposição para responder às perguntas dos senadores.

Após o depoimento de Dilma, começará o debate entre a defesa e a acusação.  Os advogados da acusação começarão falando por uma hora e 30 minutos. Depois será a vez de a defesa falar por igual período. Pode haver ainda réplica e tréplica de uma hora cada.

Na terça-feira (30), os senadores devem começar a discutir se Dilma praticou crime de responsabilidade. Cada um dos inscritos terá 10 minutos para falar, sem direito a prorrogação.

Ao final, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, questionará os parlamentares se eles consideram que a presidenta afastada cometeu crime de responsabilidade por editar decretos de suplementação orçamentária e por tomar empréstimo de instituição comandada pela União. Dois senadores favoráveis e dois contrários farão encaminhamentos por cinco minutos cada e o painel será aberto para a votação.

A votação será aberta e nominal. A expectativa é de que o resultado seja divulgado na noite de terça, mas o julgamento pode se prolongar até quarta -feira.

Fonte:Agência Brasil

Juventude vence o São Paulo no Morumbi pela Copa do Brasil

Roberson marcou os dois gols do Ju na partida. (Foto: SporTV/Reprodução)
Roberson marcou os dois gols do Ju na partida. (Foto: SporTV/Reprodução)

O Juventude venceu o São Paulo por 2 a 1, na noite desta quarta-feira (24), pelo compromisso de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. O time caxiense soube se impor no Morumbi e saiu na frente do placar com gol de Roberson aos 9 minutos da etapa inicial. O Tricolor paulista igualou com Andrés Chávez, aos 39min do mesmo período.

No segundo tempo, o Ju anotou 2 a 1 depois de cobrança de pênalti de Roberson aos 28min. Sete minutos mais tarde, Ruan recebeu o cartão vermelho e deixou a equipe alviverde com um homem a menos. Memso assim, o Ju segurou a vantagem.

Com o resultado positivo, o time treinado por Antônio Carlos Zago joga até pelo empate no duelo de volta, dia 21 de setembro, em Caxias do Sul.

O Sul

Acidente deixa carroceiro e cavalo feridos em São Luiz

DSCN0011

Na tarde desta quarta-feira (24), por volta das 17h30min, ocorreu um acidente na Avenida Senador Pinheiro Machado, em São Luiz Gonzaga, próximo a Coopatrigo, envolvendo um automóvel e uma carroça puxada por um cavalo.

Segundo informações coletadas pela nossa equipe no local do acidente, ambos seguiam no mesmo sentido (bairro – centro), quando o automóvel colidiu na traseira da carroça destruindo quase por completa, ferindo o condutor e o cavalo. O condutor da carroça foi levado ao hospital pelo resgate do Corpo de Bombeiros, com suspeita de fratura em um dos braços.

O cavalo caminhou assustado até um local à frente do acidente, carregando consigo parte da carroça. O animal, que foi retirado da via por um homem, teve uma das patas traseiras com fratura exposta.

O condutor do automóvel deixou o local do acidente com o veículo, mas na sequência se apresentou aos policiais que atendiam a ocorrência e relatou não ter visto a carroça devido ao sol que atrapalhou a sua visibilidade.

Enquanto nossa equipe esteve no local do acidente o cavalo permanecia aguardando atendimento.

DSCN0015

DSCN0013

DSCN0006

DSCN0008

Grêmio controla jogo e vence Atlético-PR fora de casa

Tricolor garantiu vantagem de qualquer empate na Arena, com 1 a 0 em Curitiba

Tricolor garantiu vantagem de qualquer empate na Arena, com 1 a 0 em Curitiba | Foto: Geraldo Bubniak / AGB / Folhapress / CP
Tricolor garantiu vantagem de qualquer empate na Arena, com 1 a 0 em Curitiba | Foto: Geraldo Bubniak / AGB / Folhapress / CP

A esperada vitória fora de casa, com boa atuação, veio na competição mais importante para esse tipo de resultado. O Grêmio dominou as ações em Curitiba, nesta quarta-feira, e venceu o Atlético-PR por 1 a 0, no primeiro confronto das oitavas de final da Copa do Brasil. Um primeiro tempo quase perfeito garantiu a vantagem no placar, que permite ao Tricolor jogar por qualquer empate e ainda levar a decisão para os pênaltis, se perder por 1 a 0 na Arena.

O Grêmio foi tudo aquilo que se espera dele fora de casa. Marcou em cima da saída de bola do Atlético, tocou bem a bola e dominou as ações do primeiro tempo. Acima de tudo, conseguiu o importante gol fora de casa, para ter tranquilidade e administrar.

Tricolor abre placar e segue mandando no jogo

Superior na marcação e criação, o Tricolor marcou seu gol ainda no início da partida. Aos seis minutos, Douglas fez um passe magistral de calcanhar, deixando Bolaños na cara do gol. O equatoriano teve categoria para deslocar o goleiro e anotar o 1 a 0.

Mesmo com vantagem no placar, o Grêmio seguiu dando as cartas na partida e criando as melhores chances. Aos 16, Weverton teve que trabalhar em bom chute de Luan. O atacante medalha de ouro recebeu de Douglas e chutou da meia-lua, mas parou na bela defesa do companheiro de Olimpíada.

Enquanto isso, o Atlético-PR apelava para as bolas longas, na falta de alternativas ofensivas. Acabou consagrando Geromel e o estreante Kannemann, sempre seguros dentro da área. Num destes lances, aos 39 minutos, Geromel tirou de cabeça e armou contra-ataque. Luan recebeu no meio e lançou Ramiro dentro da área. O volante tentou o chute cruzado, Weverton nem passou perto, mas a bola desviou demais, tirando tinta do poste direito.

O primeiro tempo terminou 1 a 0, fora o baile, sob amplo domínio do Tricolor. Marcelo Grohe trabalhou apenas em um cruzamento de Galhardo na área, sem precisar fazer defesas.

Furacão muda postura e ameaça

Na arrancada do segundo tempo, o Grêmio tentou surpreender e quase abriu o 2 a 0. Bolaños perdeu a chance, na cara do gol. Ele foi lançado por Douglas e entrou na área sem marcador. Tentou o chute cruzado, mas pegou muito embaixo da bola e isolou.

O Atlético, contudo, voltou com nova postura e começou a controlar a posse de bola. As chances de gol, em sua maioria, seguiram no jogo aéreo. Aos 4, Geromel tirou de cabeça e Luan Michel tentou o voleio na sobra, mas isolou. Cinco minutos depois, João Pedro levantou na marca do pênalti, Luan Michel desviou de cabeça, mas sobre a meta de Grohe.

A pressão “calculada” do Furacão seguiu, com chances para André Lima, em cabeceio para fora, e outra oportunidade de Luan Michel, que aos 22 minutos subiu entre Geromel e Kannemann, mas cabeceou para fora. O Grêmio só foi levar perigo aos 27 minutos. Walace deixou Luan na cara do gol, mas o atacante perdeu. Era para matar o jogo e encaminhar a classificação, mas ele chutou em cima de Weverton.

Quem acabou garantindo a vitória foi o goleiro Marcelo Grohe. Fez uma baita defesa, em sua primeira intervenção importante. Aos 31 minutos, Sidiclei subiu entre os dois zagueiros e fulminou no ângulo, mas o goleiro tirou de mão trocada, no puro reflexo. Aos 45, o Tricolor ainda teve chance de matar de vez as oitavas de final. Everton puxou contragolpe e saiu na cara do gol. Tentou mandar por cobertura sobre Weverton, mas chutou forte demais, em tiro de meta.

Copa do Brasil – Oitavas de final

Atlético-PR 0

Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio e Hernani; Galhardo (Juninho), Luan e M. Guilherme (João Pedro); André Lima. Técnico: Paulo Autuori.

Grêmio 1

Marcelo Grohe; Edilson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Ramiro, Jailson e Douglas; Luan e Bolaños (Everton). Técnico: Roger Machado

Gol: Bolaños (6min/1ºT).

Cartões amarelos: Thiago Heleno (A) e Marcelo Oliveira (G).

Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (MG), Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Marcelo Van Gasse (SP).

Local: Arena da Baixada.

CP

Homem morre em colisão frontal na BR 285 em Entre-Ijuís

Acidente com óbito na BR 285, em Entre-Ijuís, envolvendo dois veículos em colisão frontal

Foto: PRF / Divulgação
Foto: PRF / Divulgação

O acidente ocorreu na tarde desta quarta-feira (24), por volta das 15h, na altura do km 504 da BR 285, quando uma caminhonete Fiorino de Santo Ângelo, que trafegava no sentido São Luiz Gonzaga x Entre-Ijuís, invadiu a pista contrária, colidindo frontalmente em um Fox também emplacado em Santo Ângelo.

O motorista da Fiorino, José Neoli Weber Griebeler, 61 anos, faleceu no local. O outro ocupante da caminhonete e os dois ocupantes do Fox foram socorridos e encaminhados ao Hospital em Santo Ângelo.

O trânsito ficou lento no local, durante o resgate das vítimas e a retirada dos veículos.

A PRF fez o levantamento do local do acidente e será investigado pela Polícia Civil de Entre-Ijuís.

Fonte: PRF

Operação Boi Deitado é deflagrada em São Luiz Gonzaga

Prisão - Foto: Polícia Civil
Prisão – Foto: Polícia Civil

Nesta quarta-feira (24), policiais da 13ª Região Policial deflagram a Operação Boi Deitado, objetivando o combate ao crime de abigeato. Essa ação foi uma operação em conjunto com a Brigada Militar da região de São Luiz Gonzaga, reunindo 61 policiais civis, dentre delegados e agentes da 27ª Região Policial, 13ª DPRI de Santo Ângelo e 21ª DPRI de Santiago, bem como 21 policiais militares do 14º Batalhão da Polícia Militar de São Luiz Gonzaga.

Foto: BM / Divulgação
Foto: BM / Divulgação

A operação contou com 29 viaturas policiais para cumprimento de 29 ordens judiciais, sendo 21 mandados de busca e apreensão e oito de prisões preventivas. A operação denominou-se Boi Deitada em alusão ao modus operandi das associações criminais, que atuavam no furto-abigeato, carneando o animal no local em que estavam. De regra, era desferido um tiro de espingarda de baixo calibre na cabeça do animal. Após o abate a carne, ela era transportada até residências e, posteriormente, revendidas, geralmente já com encomendas anteriores ao fato criminoso, narrou a delegada Tanea Regina Bratz.

A operação teve inicio no mês de abril de 2016, instaurada a partir do elevado número de ocorrências envolvendo este tipo de delito. Segundo a delegada Tanea Bratz, há a possibilidade de terem sido abatidos mais de 200 animais desde julho de 2015, causando um prejuízo bastante significativo aos produtores rurais, uma vez que as vítimas são pequenos produtores rurais.

No decurso da investigação já foram presos dois integrantes da associação criminosa em flagrante com apreensão de carne abigeatada durante a madrugada e armas utilizadas no abate. A Operação Boi Deitado faz parte da política de enfrentamento aos delitos que atingem os agropecuaristas locais em que já neste último bimestre logrou prender 20 pessoas diretamente ligadas ao crime.

Foto: BM / Divulgação
Foto: BM / Divulgação

Na ação, 11 pessoas foram presas, sendo 04 em flagrante por abigeato, posse irregular de arma de fogo e carne de caça. Além disso foram apreendidas 06 armas de fogo e diversos apetrechos utilizados para a prática de abigeato.

Fonte: DP de São Luiz Gonzaga

* Com informações da BM

‘Não estamos de braços cruzados’, diz Sartori sobre segurança no RS

Governador e secretário falaram sobre iniciativas para combater o crime.
Piratini chamou 530 aprovados na BM e Polícia Civil tem 224 novos agentes.

Sartori concedeu entrevista acompanhado dos secretários Cleber Benvegnú, Márcio Biolchi, Fábio Branco, Wantuir Jacini e Carlos Búrigo (Foto: Luiz Chaves, divulgação/Palácio Piratini)
Sartori concedeu entrevista acompanhado dos secretários Cleber Benvegnú, Márcio Biolchi, Fábio Branco, Wantuir Jacini e Carlos Búrigo (Foto: Luiz Chaves, divulgação/Palácio Piratini)

O governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, garantiu que o estado vem realizando esforços para ampliar a segurança pública. Ele concedeu entrevista coletiva no começo da tarde desta terça-feira (23) no Palácio Piratini, no Centro de Porto Alegre.

“Todo o esforço das polícias e do governo ainda não é suficiente para melhorar as condições de segurança da população. Mas nós vamos continuar fazendo tudo o que estiver ao nosso alcance para combater o crime, sem descansar”, disse o governador.

A declaração foi feita em um momento em que várias ocorrências criminais vêm sendo registradas no estado. Na manhã do mesmo dia, três mulheres foram encontradas mortas em Alvorada, na Região Metropolitana de Porto Alegre. A polícia suspeita de execução. Ainda nesta terça, um casal foi encontrado morto no porta-malas de um automóvel na capital gaúcha.

Para tentar combater a criminalidade, o governo anunciou a convocação de 530 aprovados no concurso da Brigada Militar, 424 servidores destinados ao policiamento e outros 106 ao Corpo de Bombeiros. Além disso, foi autorizada a realização de um concurso com 106 vagas no Instituto-Geral de Perícias (IGP).

Também na manhã desta terça Sartori participou da aula inaugural para 224 novos agentes da Polícia Civil. “Não estamos de braços cruzados. Estamos arrumando a casa para fazer cada vez melhor”, disse o governador.

Também participou da coletiva o secretário estadual de Segurança Pública, Wantuir Jacini. Ele apresentou os números da Operação Avante, realizada pela Brigada Militar para ampliar o policiamento ostensivo. Segundo ele, foram presas cerca de 2,6 mil pessoas em 200 dias. “Uma média de 13 prisões por dia”, observa.

Dados de segurança
No último dia 8, o governo havia divulgado uma pesquisa que apontou um aumento em oito tipos de crime no primeiro semestre de 2016 em comparação a 2015. Entre eles está o latrocínio (roubo seguido de morte), que cresceu 34,8%, com 89 ocorrências nos primeiros seis meses, 23 na capital.

Também tiveram aumento os seguintes crimes: roubo (19,5%), roubo de veículos (16,3%), homicídio doloso (6%), furto de veículos (2,1%), extorsão mediante sequestro, corrupção (0,51%), e delitos relacionados a armas e munições (2,5%). Já os crimes que registraram queda nos índices em comparação com os primeiros seis meses do ano foram homicídio doloso de trânsito (35,2%), furto (2,5%), extorsão (2,4%), estelionato (11,9%), entorpecentes – posse (18,3%), e entorpecentes – tráfico (5,9%).

G1